O Dia de Finados é um dos mais importantes feriados religiosos, dedicado a orações e homenagens. A data, celebrada no dia 2 de novembro, é marcada pela visita as sepulturas dos entes queridos. Nesse período, os túmulos de familiares recebem flores, coroas e velas. Assim, o Procon/Campos realizou atividade de fiscalização e levantamento de preços em cinco floriculturas da cidade, em conjunto com a elaboração de algumas dicas para a aquisição desses produtos. 

 

Foram encontradas variações de até 80% nos preços das flores pesquisadas. O vaso pequeno da Begônia pode ser encontrado a preços que variam de R$ 10,00 no local mais em conta para R$ 18,00 no mais caro. A tradicional dúzia de rosas pode ser encontrada a preços que estão indo de R$ 30,00 a R$ 48,00.

  

O consumidor deve estar atento aos tipos de flores, quer sejam elas naturais ou artificiais, nacionais ou importadas. O preço pode variar de um estabelecimento para o outro devido à quantidade e tamanho. Os lojistas expõem diversas espécies de flores para todos os gostos, que são vendidas em maço, arranjos ou em vasos, buquês ou por unidade.

 

O órgão municipal de defesa do consumidor também orienta no sentido de que as aquisições devem ser feitas com pequena antecedência, pois os produtos são perecíveis. No entanto, se deixar a compra para os últimos dias, os preços estarão mais elevados, devido ao aumento da demanda.

   

Por fim, a superintendência do Procon alerta para possíveis cobranças abusivas e indevidas, que costumam ser praticadas por alguns fornecedores que comercializam planos de assistência funerária em momentos de instabilidade. O consumidor que for abordado no dia 2, para contratar um plano de assistência funerária, não deve fazê-lo de imediato, mas posteriormente, com a devida cautela. Essa medida visa resguardá-lo da contratação, num momento de vulnerabilidade, de serviços sobre os quais não estejam devidamente esclarecidos

 

Racing Archives