Diante do grande número de denúncias sobre os preços abusivos dos combustíveis, gasolina e GNV, o Procon de Campos realizou nesta quinta-feira uma fiscalização em sete postos de combustíveis. A proposta é verificar a diferença de preço de um posto para outro e a falta de informação quanto à forma de cobrar. Nenhum posto foi autuado. Diretora de fiscalização, Lucylla Chagas explicou que o órgão está realizando fiscalizações para verificação e orientar donos de postos.

 

“Fizemos um trabalho nos postos verificando de que forma eles estão trabalhando e se as informações estão corretas e adequadas, analisando as notas para ver se eles já estão com redução no preço e o porquê ainda não foi repassado para o consumidor. Nenhum posto foi autuado. Essa fiscalização foi de orientação”, informou.

Fonte: Fmanha

 

A pesquisa mensal de combustíveis, realizada pela Superintendência de defesa do consumidor, em 28 postos do município, nos dias 27 e 28 de novembro, localizados na região central e nos distritos de Guarus e Goitacazes, encontrou os seguintes preços: os preços médios encontrados foram: R$ 4,91 (Gasolina); R$3,58 (GNV); R$ 3,38 (Etanol); R$ 3,62 (Diesel) e R$ 3,73 (Diesel S-10). Os menores preços foram: R$ 4,69 (Gasolina); R$ 3,52 (GNV); R$ 3,09 (Etanol); R$ 3,28 (Diesel) e R$3,43 (Diesel S-10). O combustível que apresentou maior variação foi o etanol, com 23% de diferença do menor para o maior preço. Já a menor variação foi encontrada no GNV, com percentual de 3%.