Segundo a mais recente pesquisa do Procon de Campos, os preços dos principais combustíveis automotivos continuam em alta na cidade. Em comparação ao mês de agosto, os preços coletados na ultima semana de setembro, nos dias 25 e 26, mostraram um aumento médio de 06 centavos na gasolina comum. Ou seja, o preço médio do litro de gasolina passou de R$ 5,02 para R$ 5,08. Já o litro do etanol passou de R$ 3, 26 para R$ 3,32. A gasolina aditivada, por sua vez, estava sendo encontrada a uma média de R$ 5,19 e agora está pelo preço médio de R$ 5,23. Os preços do diesel, no entanto, tanto comum quanto diesel s-10, se mantiveram estáveis, cotados, respectivamente, a R$ 3,62 e R$ 3,74.

 

Na pesquisa deste mês foram visitados 25 postos, localizados na área central e em guarus, e coletados preços de cinco combustíveis: gasolina comum, gasolina aditivada, etanol, diesel e diesel S10. A maior variação ocorreu com o etanol, que pode ser encontrado ao valor mínimo de R$ 3, 11 e máximo de R$ 3, 59. A menor variação foi identificada na gasolina comum, com o menor preço encontrado sendo R$ 4, 95 e o maior R$ 5, 19.

 

 

O preço médio da gasolina no país acumulou em 12 meses até setembro alta de 19,99%, segundo dados sobre a inflação divulgados nesta sexta-feira (5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A alta dos combustíveis em setembro foi influenciada pela alta no preço do barril do petróleo, bem como pelo dólar mais alto. A Petrobras adota novo formato na política de ajuste de preços desde 3 de julho do ano passado. Pela nova metodologia, os reajustes acontecem com maior periodicidade, inclusive diariamente, refletindo sobretudo o preço internacional e o câmbio.

 

O Procon/Campos mantém a orientação para que os consumidores entrem em contato com o órgão sempre que constatarem cobranças abusivas, através do telefone (22) 98175 2561 e do aplicativo Meu Procon. Além de solicitarem nota fiscal se houver, efetivamente, suspeita de abuso no preço praticado. A sede do Procon fica na Avenida José Alves de Azevedo, 236, Centro.