O Procon/Campos iniciou operação para retirada de lotes de leite da marca Godam das prateleiras dos supermercados de Campos, de acordo com recomendação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. A fiscalização teve início nesta sexta-feira (17) em oito estabelecimentos centrais e nenhum deles apresentou os produtos, que estão sob suspeita pela Secretaria Estadual de Agricultura.

 

De acordo com a recomendação do MP, os lotes J82 e P91 estão sob suspeita, independentemente da data de fabricação, incluindo também o lote J92. O material analisado por técnicos estava fora dos padrões, com adição de água em percentual acima do recomendado adulterando as características do alimento e alterações de gordura e acidez, além do ensaio de coliformes totais ter sido insatisfatório. O superintendente do Procon, Douglas Leonard, comenta que a operação visa a proteção do consumidor.

 

— Fizemos a operação com duas equipes e percorremos oito supermercados. Continuaremos o trabalho indo aos supermercados de bairro, além de outros na área central. A operação é uma recomendação do Ministério Público e preza pelo direito do consumidor à proteção de sua saúde, já que produtos adulterados podem ocasionar riscos — relatou Douglas.