Em atendimento a denúncia do consumidor, a Superintendência do Procon/Campos realizou operação de fiscalização em um posto de combustíveis no bairro Flamboyant, nesta sexta-feira (20), com objetivo de verificar a ausência das informações obrigatórias relativas aos preços dos combustíveis e as suas respectivas formas de pagamento. No estabelecimento havia placas indicando o valor em dinheiro, para a gasolina, no entanto o preço do pagamento em cartão estava ausente, assim como também o preço do etanol.

 

 

Na ação, os fiscais do Procon emitiram um auto de constatação, com exigência para que o estabelecimento regularize a situação no prazo de 48 horas, se adequando à Lei 13.455/2017, que autoriza essa diferenciação de preços em razão da forma e do prazo de pagamento, contanto que essa diferenciação esteja muito clara para que o consumidor entenda que estará pagando um preço diferente e de que forma está fazendo isso.

 

 

Em caso de irregularidade, o consumidor deve entrar em contato com a superintendência de defesa do consumidor, na sede do órgão, situado na avenida José Alves de Azevedo, no Centro, pelo e-mail da superintendência: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou através do aplicativo MeuProcon, disponível no site.